Cadastre-se para receber nosso informativo:





Últimas Notícias

 

Predições Tecnológicas para 2018

Predições Tecnológicas para 2018

Como todo início de ano ou exercício de qualquer natureza, o ser humano tem por hábito ou natureza fazer predições para os novos tempos. E isto não é diferentes para o mundo dos negócios, modelos socioeconômicos e áreas tecnológicas.

 

Focando nos impactos tecnológicos sobre ambientes de negócios, institutos de pesquisas já apontam as suas predições para o ano de 2018, algumas estendendo um pouco em alguns pontos em específico. Geralmente estas tendências são feitas por economias um pouco mais avançadas.

 

O Brasil geralmente, por natureza ou resistência, enfrenta sempre um “gap” de adoção que pode avançar em até alguns anos, analisando-se casos específicos e diversos. Por exemplo, quais organizações e suas lideranças estão preparando-se para atender uma regulação como GDPR? Esta nem mais é uma tendência para 2018, e sim um mecanismo de regulação internacional que irá regular ambientes de negócios e relações empresariais no que tange a manipulação de informações, que a princípio começou a vigorar em 25 de maio de 2015. Acredito e acho óbvio que por naturezas de negócios ela não se formalize e materialize para alguns casos.

 

Especificamente em relação às tendências tecnológicas e seus impactos em ambientes de negócios, independentemente de contextos econômicos e cronologias de adoção. O Gartner anualmente publica os seus “TOP 10 Trends” ao mercado, o que também é coincidente com outros pares. Estas tendências se consolidam na linha do tempo, variando em posições de ano para ano. Em 2012 o Gartner lançou o que chamou de Nexo das Forças ou Nexus of Forces e sua evolução, o que hoje deixou de ser uma tendência e passou a ser uma realidade operacional e estratégica. Para 2018, as 10 Tendências para o Topo das Estratégicas de Tecnologia para 2018 do Gartner ou Gartner Top 10 Strategic Technology Trends for 2018.

 

  • Tendência nº 1: Fundação de Inteligência Artificial
  • Tendência nº 2: Aplicativos e análises inteligentes
  • Tendência nº 3: Coisas inteligentes
  • Tendência nº 4: Gêmeos digitais (representação digital)
  • Tendência nº 5: Nuvem à borda
  • Tendência nº 6: Plataformas de conversação
  • Tendência nº 7: Experiência imersiva
  • Tendência nº 8: Blockchain
  • Tendência nº 9: Orientação à eventos
  • Tendência nº 10: Risco adaptativo contínuo e confiança (compliance e integridade)

 

Em relação às questões de riscos tecnológicos, as 5 Previsões no Topo da lista de Segurança Cibernética em 2018, segundo o Driz Group, são:

 

  • Mineração de cripto moedas
  • Transformação de negócios
  • Violação por Insiders (pessoal interno)
  • Inteligência Artificial (IA) como uma questão de “duplo estado”
  • GDPR

 

Já na visão de alguns fabricantes os fatores acima tem leve alteração, configurando se como predições em segurança cibernética, questões como:

 

  • Brechas maciças de dados em nuvem
  • Mineração cripto moedas
  • Uso malicioso de Inteligência Artificial (IA)
  • A extorsão cibernética via a interrupção do negócio
  • Violação por Insiders (pessoal interno)

 

A primeira vista pode parecer estranho entendermos todas as terminologias ou tecnologias acima, mas em ocasião próxima buscaremos explicá-las melhor. O fato é que, apesar de haver uma pequena variação entre uma previsão e outra, estas tendências tecnológicas com seus riscos associados, são estratégicas e transformadoras de ambientes de negócios, em cronologia de adoção variável e em conformidade com cada visão e ambição de modelo de negócios. Mas o fato é de certeza única, não poderemos ignorá-las por muito tempo.

 

Vladimir B. Bidniuk

Executivo de Negócios na RCE IT